Policiais penais são presos suspeitos de facilitar a entrada de drogas em presídios de Campos

A ação faz parte da Operação Simetria, da Polícia Civil, que tem o objetivo de combater o narcotráfico em penitenciárias

Rio – Policiais da 146ª DP (Guarus) e do 6º Departamento de Polícia de Área (DPA) prenderam na manhã desta quarta-feira (7), em Campos dos Goytacazes, Região Norte do Estado, quatro pessoas, sendo dois policiais penais, suspeitos de garantir a entrada de drogas em troca de vantagem econômica oferecida pela organização criminosa, cujos integrantes estão presos. A ação faz parte da Operação Simetria, que tem como objetivo de combater o narcotráfico estabelecido nas penitenciárias Carlos Tinoco da Fonseca e Dalton Crespo de Castro, em Campos.

Os policiais chegaram até os suspeitos após uma investigação que apurou o fluxo de entrada de entorpecentes nas penitenciárias com participação de servidores da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) lotados nos presídios. Na operação, foram apreendidas drogas nas celas revistadas. Durante a ação, que contou com o apoio da Corregedoria e do Serviço de Inteligência da Seap, também foram recolhidas as armas de fogo na posse dos agentes públicos.

Jornal O Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: