Asteroide maior que pirâmide do Egito passará ‘pertinho’ da Terra – Tininho Blog

Asteroide maior que pirâmide do Egito passará ‘pertinho’ da Terra

O objeto 2016 NF23 foi classificado como “potencialmente perigoso”, viaja a 32 mil km/h e deve se aproximar na próxima quarta (29)

Filipe Siqueira, do R7

Prepare-se para ficar chocado! Um asteroide gigante, maior que a Grande Pirâmide de Gizé, com seus 143,5 metros de altura, passará muito próximo da Terra na próxima semana. A velocidade é igualmente inacreditável: 32 mil km/h.

A passagem do Asteroide 2016 NF23 (nome oficial dele) é esperada para a próxima quarta-feira (29) e foi classificado como “potencialmente perigoso” por astrônomos. Não por acaso: calcula-se que ele tenha cerca de 70 a 160 quilômetros de largura, maior que a Grande Pirâmide de Gizé (ou também Pirâmide de Queóps).

Objetos maiores que 0,05 o tamanho do planeta Terra geralmente recebem essa classificação. A classificação leva em conta seu tamanho e a distância próxima que ele passará da Terra. Cientistas da Nasa calculam que ele passará a 4,8 milhões de quilômetros da Terra. É cerca de 13 vezes a distância da Lua para a Terra. Pode parecer muito, mas para padrões espaciais, é quase como “um raspão” para padrões galácticos.

A ideia da Nasa é identificar um número maior de objetos do tipo — menores e que passam próximo do planeta — uma vez que cerca de 90% dos asteroides com mais de um quilômetro já estão listados pela Nasa.

Fim do mundo

Parece que chegamos ao fim do mundo de novo. Sempre parece que agora vai, mas dessa vez os maias calcularam certo, que dessa vez o meteoro não vai se desintegrar antes de chegar. Dessa vez talvez seja diferente, mas não é a primeira vez que a destruição de tudo que conhecemos nos dá um ‘bolo’.

Marshall Applewhite, do culto Heaven’s Gate, previu que a Terra seria reciclada em março de 1997, e que a única chance de salvação era através do suicídio. Ele e 38 outros seguidores se mataram e a Terra não foi reciclada.

O profeta Nostradamus previu muitas coisas. Ele escreveu textos obscuros que foram interpretados como previsões depois que as coisas haviam acontecido. O ano 2000 foi campeão das profecias de fim de mundo: Isaac Newton, Sun Myung Moon e Jonathan Edwards todos previram que o mundo acabaria nesse ano. O tal bug do milênio fez com que muita gente perdesse dinheiro e se desesperasse, e isso só alimentou o completo desespero da população. Além disso, um culto em Uganda organizou um suicídio coletivo porque pensaram que o mundo de fato acabaria nesse ano.

Nancy Lieder disse que foi abduzida por alienígenas do sistema estelar Zeta Reticuli, e depois desse pequeno networking, fez uma delação premiada aos cientistas, afirmando que o mundo seria invadido em 27 de maio de 2003.

O culto japonês Aum Shinrikyo previu que o mundo seria destruído por uma guerra nuclear entre 30 de outubro e 29 de novembro de 2003. A Ordem Hermética da Aurora Dourada, uma sociedade secreta inglesa, acreditava que o mundo acabaria em 2010. O mundo não acabou em 2010, mas a Ordem continua existindo (mais ou menos).

Entre agosto e outubro de 2011, muita gente espalhou a teoria que o Cometa Elenin causaria alguma perturbação na superfície do Sol e no nosso planeta. Literalmente nada aconteceu porque o cometa passou longe da Terra, e em pedaços.

Uma antiga profecia maia que dizia que o mundo acabaria no exato dia 21 de dezembro de 2012 também foi em vão. A pior parte dessa profecia é que ela não previa o grande desastre que foi o filme 2012. Algumas pessoas acreditam que a humanidade teria tido mais sucesso se o mundo tivesse acabado antes do lançamento desse filme.

O monge e figura histórica Grigori Rasputin previu que o mundo acabaria com uma tempestade no dia 23 de agosto de 2013. O cara era de fato muito preciso com datas. Não, o mundo não acabou, mas o álbum Halcyon Days, da Elle Goulding, foi praticamente uma tempestade, e de fato foi lançado nesse dia.

Teorizada pela primeira vez em 2008, por Mark Blitz, e depois em 2014, por John Hagee, a Profecia da Lua de Sangue afirmava que o mundo acabaria entre abril de 2014 e setembro de 2015. Já faz dois anos e nada.

Tem mais um na lista agora que é o do planeta Nibiru. A teoria, que existe desde 1995, afirma que Nibiru vai colidir com a Terra. Aparentemente, a destruição da totalidade está programada para dia 23 de setembro de 2017, então é uma boa ideia já preparar os ventiladores para mandar o planeta embora.

Redação Folha Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: