Decreto que facilita porte de armas e derrubado na CCJ do Senado Facebook

Decreto do presidente Bolsonaro que facilita o porte de armas é derrubado no Senado. A Comissão de Constituição e Justiça votou, nesta quarta-feira, projetos que anulam a medida, assinada em maio, com base em preceito constitucional. A Constituição Federal permite que o Congresso barre um decreto presidencial que ultrapasse o poder de tratar questão exclusiva do Legislativo. Decisão segue para o plenário do Senado e da Câmara.

Por 15 votos a favor – e nove contra – os senadores rejeitaram a medida que libera o porte de armas para 19 categorias, entre elas, políticos, caminhoneiros e moradores de área rural. A CCJ votou relatório do senador Marcos do Val (Cidadania-ES), que defendia a medida presidencial, considerada legal e eficaz para a segurança pública. Somente parlamentares do PSL e do DEM foram favoráveis.

Da redação da 96.9 FM com Ascom/Tininho Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: