Ônibus com comerciantes de Guaçuí é assaltado e bandidos levam R$ 200 mil

Comerciantes de Guaçuí passaram por momentos de terror esta semana. O ônibus que levava 58 passageiros do município com destino a São Paulo para fazerem compras foi assaltado por seis criminosos.  O caso foi relatado à imprensa nesta sexta-feira (11).

O coletivo saiu às 15h, da última segunda-feira (7), de Guaçuí com previsão de chegar durante a madrugada em São Paulo.

Segundo uma comerciante, que preferiu não se identificar, um casal de assaltantes embarcou em Guaçuí, sem levantar suspeitas. Após o veículo fazer uma parada, por volta das 20h, próximo a um posto gasolina em Estrela Dalva, pequeno município do interior de Minas Gerais, para pegar mais dois passageiros, quatro assaltantes armados saíram de um matagal e entraram no veículo.

Um dos bandidos ficou com a arma apontada para a cabeça do motorista e mandou ele seguir viagem. Enquanto isso, o casal, que havia embarcado em Guaçuí, se juntou o restante do bando e começou a recolher dinheiro, celulares, joias e objetos pessoais das vítimas.

“Foi uma situação horrível. Viajo há cinco anos e nunca havia passado por isso. Eles nos ameaçavam a todo

todos armados, colocavam armas na cabeça dos passageiros. Foi a pior sensação da minha vida”, desabafou uma das vítimas.

Prejuízo

Estima-se que cerca de R$ 200 mil em dinheiro e objetos tenham sido levados pelos criminosos. Populares que estavam no posto de gasolina viram quando o grupo entrou armado dentro do ônibus e acionaram a polícia mineira. Parte do valor e objetos foram recuperados.

Prisões

Um carro com outro comparsa, que seguia o ônibus para dar fuga aos bandidos, foi apreendido. No veículo a polícia encontrou drogas e armas.

A PM fez o acompanhamento do ônibus e montaram um cerco no município de Além Paraíba, onde os assaltantes iriam descer. Parte do grupo foi capturado, mas alguns conseguiram fugir entrando em uma mata.

Os comerciantes passaram a noite no município mineiro e agradeceram o apoio da polícia. “Fomos tratados com muito respeito. Os militares fizeram buscas a noite toda para tentar localizar o restante dos assaltantes. Somos gratos ao apoio e atenção que tiveram conosco”, disse.

Apesar do susto, a lojista conta que continuará seguindo com as viagens. “Foi um trauma. Parte do valorfoi recuperada, mas ainda assim, o que perdemos fará falta para nós. Vamos continuar trabalhando, mas jamais vamos esquecer desse episódio”, finalizou.

Tininho Blog/Aqui notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: