RJ registra mais de 36 mil casos de chikungunya este ano Estado do Rio registrou 36.102 casos de chikungunya no período de janeiro a 13 de novembro. Desses pacientes, 16 morreram com complicações da doença. Por Bom Dia Rio – Blog Tininho Máximo

RJ registra mais de 36 mil casos de chikungunya este ano Estado do Rio registrou 36.102 casos de chikungunya no período de janeiro a 13 de novembro. Desses pacientes, 16 morreram com complicações da doença. Por Bom Dia Rio

O estado do Rio registrou mais de 36 mil casos de chikungunya no período de janeiro a 13 de novembro desse ano. Desses pacientes, 16 morreram com complicações da doença. Já os casos de dengue apresentaram 13.886 notificações e 2 óbitos, e a zika, no mesmo período, teve 2.223 casos, sem registro de morte.

E com a proximidade do verão, a preocupação com o aedes egypti aumenta e, por isso, a secretaria estadual de Saúde lança uma campanha de conscientização. Um dos principais alertas é sobre a importância de acabar com a água parada dentro das casas, já que 80% dos focos do mosquito são detectados em imóveis residenciais.

Mosquito Aedes Aegypti é alvo de campanha para combater dengue, chikungunya e zika — Foto: Paulo Whitaker/ReutersMosquito Aedes Aegypti é alvo de campanha para combater dengue, chikungunya e zika — Foto: Paulo Whitaker/Reuters

Mosquito Aedes Aegypti é alvo de campanha para combater dengue, chikungunya e zika — Foto: Paulo Whitaker/Reuters

Parece pouco, mas 10 minutos por semana é tempo suficiente para que uma pessoa olhe todos os possíveis focos do mosquito nas residências. A vistoria deve acontecer em caixas d’água, tonéis, vasos de plantas, calhas, garrafas, lixo e bandejas de ar-condicionado. Com essas medidas de prevenção, é possível evitar a proliferação do mosquito.

Além do material disponível no site, também estão livres para download tirinhas em quadrinhos com as aventuras do Dezinho e sua família, GIFs animadas e vídeos, para postar nas redes sociais e compartilhar pelo Whatsapp.

Tudo com dicas de como combater o mosquito no dia a dia. Um boneco de espuma representando o personagem também vai percorrer os municípios do Estado nas ações de prevenção à dengue, zika e chikungunya.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: