Mulher pula a janela com o filho no colo para fugir das agressões do marido no ES

Para fugir das agressões do marido, uma dona de casa de 38 anos pulou a janela de casa com o filho no colo, em Viana, na Região Metropolitana de Vitória, neste domingo (12). O pedreiro Romário Santana Heliodoro, de 30 anos, é suspeito de bater, empurrar e tentar estrangular a companheira. O homem reagiu após a chegada da Polícia Militar, que utilizou uma arma de choque para fazer a prisão.

A criança e a mulher estão bem. Ela teve algumas escoriações na perna causados no momento em que tentava fugir pela janela.

De acordo com a vítima, as agressões aconteceram após o casal voltar de um churrasco na casa do irmão dela. Romário teria se irritado quando a mulher se despediu das outras pessoas presentes.

“Por eu ter cumprimentado o sogro do meu irmão, no carro ele já falou que ‘eu ia ter’. Em casa, ele me pegou pelos braços, me jogou no sofá, depois deu dois socos na cabeça, tapa no rosto. Eu tentei correr, mas ele segurou o meu vestido e eu caí”, contou a mulher.

Segundo a mulher, o suspeito afirmou que ia matá-la. “Ele tava com tanta disposição de me matar que falou: ‘eu resolvi te matar, você vai morrer agora’. Quando ele virou para pegar a faca, eu pulei igual a um gato, pedi força a Deus”, lembrou.

Foi neste momento que a dona de casa correu para a casa da mãe e pulou a janela com o filho, depois se escondeu em uma laje e acionou a Polícia Militar.

Ao chegar ao local, Romário se recusou a abrir a porta da casa e os militares também precisaram pular uma janela. O pedreiro ainda tentou fazer uma barricada com um sofá e objetos da casa. O suspeito reagiu à prisão e os policiais atiraram com uma arma de choque para que ele se rendesse.

A mulher que morava com o suspeito há cinco anos disse que já foi agredida diversas vezes, em uma delas estava grávida e perdeu o bebê.

“Eu estava grávida de 3 meses, a gente teve uma discussão, ele me deu dois chutes, me derrubou, eu bati o rosto e logo já começou a sangrar. Agora vou me separar e quero que ele fique preso por um bom tempo”, afirmou.

Es em Foco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: