Feto de 4 meses é encontrado em vaso sanitário em lixão

Um feto de aproximadamente quatro meses foi encontrado dentro de um vaso sanitário descartado em um lixão no bairro Novo Mexico, em Vila Velha, na noite de quinta-feira (23).

A descoberta foi feita por uma pessoa que passava pelo local e acionou a Polícia Civil, que informou que o caso foi registrado como encontro de cadáver e enviado para a Divisão Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). O feto foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) para realização de exames.

O lixão onde o feto foi encontrado está repleto de restos de materiais de construção, móveis velhos e focos de doenças.

“Todo tipo de entulho se joga aqui, o dia e a noite inteira. A prefeitura vem e limpa, mas não é uma ação resolutiva. Precisamos de uma ação dos nossos governantes para que isso acabe”, pontua Carlos Dias, tesoureiro da Associação de Moradores de Novo Mexico. 

A Prefeitura de Vila Velha informou que não houve registro do ocorrido. Veja a nota na íntegra:

“Os pontos viciados de lixo não apenas representam um problema ambiental, mas também se tornam focos de diversas complicações sociais, de insalubridade e até mesmo pode causar falta de segurança para a população. A Prefeitura de Vila Velha vem enfrentando esses desafios implementando ações sistemáticas para combater esse problema. Para se ter ideia, o município tem um gasto anual de cerca de R$ 7 milhões para a limpeza desses locais. Com o objetivo de reduzir os impactos ambientais, a Secretaria de Serviços Urbanos tem promovido intervenções em pontos viciados, utilizando ações sistemáticas. Toda a semana, por exemplo, realiza ações de limpeza nesses locais de maior incidência de descarte irregular, como é o caso do bairro Novo Mexico.
A Secretaria de Serviços Urbanos possui um mapeamento de mais de 50 pontos viciados na cidade. O esforço da prefeitura visa não apenas a limpeza imediata, mas também a implementação de medidas preventivas, como a instalação de placas informativas que vem sendo instaladas nesses locais para desestimular o descarte irregular.
Além disso, para denúncias relacionadas à poluição ou degradação ambiental, ou outros casos, a Ouvidoria Municipal está disponível através do telefone 162 ou pelo site https://ouvidoria.vilavelha.es.gov.br/.”

Com informações do repórter da TV Vitória/Record, Caio 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: