Homem admitiu usar marreta para matar menina de 10 anos

Kevelin Sofia Pereira foi vista pela última vez em um mercado no Jardim Itaguaçu e foi atacada pelo homem após sair do estabelecimento

O homem de 32 anos suspeito de estuprar e matar uma menina de 10 anos na última sexta-feira (29/3) em Campinas, no interior de São Paulo, confessou o crime no sábado (30/3).

Kevelin Sofia Pereira foi vista pela última vez em um mercado no Jardim Itaguaçu, onde foi comprar um refrigerante. As câmeras de segurança do local registraram a presença da menina no local. Ela desapareceu após sair do estabelecimento.

O corpo de Kevelin foi encontrado por um pedreiro no dia seguinte, em uma construção a cerca de 200 metros da casa onde a menina vivia com a família e perto também do mercado onde ela foi vista. A criança tinha sinais de abuso físico.

Segundo o boletim de ocorrência, foram ouvidas diversas testemunhas no local, onde foi apontado que um morador próximo seria um suspeito por já ter um histórico de estupro.

Fernando Silva dos Santos, de 32 anos, foi levado para a delegacia e confessou o crime após entrar em contradição ao tentar negar a violência. Ele indicou o local onde foram encontradas as roupas da menina e uma marreta usada para golpeá-la. O assassino admitiu chegar a dar início à escavação de uma cova.

Es em Foco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: